A celebração de Finados é bastante importante para algumas religiões, principalmente para a Igreja Católica, que considera esta data como um momento especial de homenagem a todos os entes queridos que já morreram.

O movimento no cemitério  é intenso, pois muitas pessoas vão deixar flores e fazer orações nos túmulos de familiares ou amigos.

No cemitérios cemitério São Marcelo  de Ourem  terça-feira, 02, Dia de Finados, celebrou o dia dos mortos, com duas  missa na igreja matriz de ourem. celebrada pelo padre Sidney  as 08hr da manha e as 5 hr da tarde.

 Origem do Dia de Finados
Desde o século XII o Dia de Finados é celebrado pela Igreja Católica em 2 de novembro. E, desde o século XI, os papas Silvestre II, João XVIII e Leão IX já obrigavam aos cristãos a dedicarem um dia por ano a rezarem pelos que já faleceram e que não era lembrados.

No entanto, desde o século I os cristãos têm o costume de rezar por seus mortos. Neste período, as pessoas iam às catacumbas e túmulos para rezar pelos que morreram sem martírio, com esperança de terem suas almas salvas.

A partir do século IV, a Igreja começou a incluir em suas celebrações a “Memória dos Mortos” – um momento de orações dedicadas a todos os que faleceram.

O Dia de Finados é celebrado no dia 2 de novembro porque no dia 1º de novembro é comemorado o Dia de Todos os Santos – data que celebra todos os que morreram em estado de graça, mas que não tiveram a oportunidade de serem canonizados ou que não são lembrados em orações por ninguém.